Curtimos dançar os EIIIITS!

PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Porquinho feio

Era uma vez um porquinho que era muito infeliz porque os seus irmãos o tratavam mal. Estavam sempre a dizer-lhe “porquinho feio! Porquinho feio! És gordo e preto!”
E o porquinho lá seguia na fila atrás da sua mãe e dos seus irmãos completamente cabisbaixo.
Na altura em que foram para a primária, o porquinho revelou-se o mais inteligente dos irmãos, no entanto, continuavam a tratá-lo mal. “És gordo e preto! Porquinho cromo!”
E o porquinho lá continuava cabisbaixo.
Passou-se a adolescência e o porquinho continuou a ser maltratado pelos irmãos “Porquinho preto! Nenhuma porquinha te quer!”
Foi então que na altura de ir para a faculdade, nenhum dos irmãos do porquinho entrou e ele foi estudar para longe de casa.
Logo no 1º ano o porquinho teve mil namoradas porquinhas e todas estavam de acordo em relação a ele: para além de ser inteligente, o porquinho preto era bem mais saboroso que os outros porcos.

E o porquinho viveu feliz para sempre com mil namoradas todos os anos

Moral da estória… Os porquinhos pretos são mais gostosos e o pessoal inteligente rende mais que o pessoal que só é bonito

LOL

Um comentário:

alguém+ neste mar d gente disse...

hmm os secretos d porkinho preto entao hnami :D